Por Débora Kelly de Oliveira

 

Você sabe quem é você? Você sabe dar nome às suas dores? Você consegue entender a natureza das suas alegrias? Você sabe de onde vêm os seus medos? Você consegue dominar seus pensamentos, tem controle das suas emoções?

Você sabia que todas estas respostas vêm de um diagnóstico da sua saúde mental?

A saúde mental é o princípio de todos os resultados de sua vida, é na mente que acontecem todas as projeções de tudo que você vivenciará. É nesta mente que você carrega todas as memórias de tudo que você vive, desde a concepção de sua vida no útero de sua mãe.

A mente é o resultado do funcionamento do cérebro: os pensamentos, os sentimentos e as emoções. E é impossível serem entendidos de formas separadas, porque tudo que pensamos e sentimos, desde o nosso nascimento, vai moldando nosso cérebro.

Com estímulos internos e externos, gera-se o pensamento consciente.

A cada um de nós, que tivemos o privilégio de nascer, vivenciamos desde o princípio, vários estímulos na história de nossa vida, alguns positivos outros nem tão positivos assim e, nesta toada, compomos o enredo da nossa vida.

Âmbito familiar e a pessoa que nos transformando

Tudo começa dentro do nosso âmbito familiar, onde temos a nossa primeira faculdade de vida e, como grande mestra, a nossa criança interior. Desde criança, começamos a receber os primeiros estímulos e começamos a fazer nossas leituras do mundo e da vida. E, com certeza, o adulto que vamos nos tornar é reflexo da criança que fomos.

Isso tudo vai ficando armazenado no nosso inconsciente. Hoje sabemos que o cérebro é a base, domínio e comando de todo comportamento humano, ele gerencia todas as emoções, pensamentos e ações. Porém, só temos 10% de consciência de tudo que está registrado neste imenso iceberg que é a mente humana.

Cuidar da saúde mental requer a coragem de mergulhar no mar deste iceberg, buscar todas as informações que ali estão registradas e, constantemente, fazer uma faxina, ressignificando todos os estímulos que vivenciamos.

Para cuidar desta saúde tão primorosa, precisamos primeiramente quebrar alguns paradigmas, “pré-conceitos” e crenças limitantes que nos aprisionam no fundo deste iceberg, tornando-nos ignorantes da nossa própria história e, muitas vezes, escravos de nossos sofrimentos criados pelos fantasmas que vamos formando na nossa mente.

É por meio deste processo que cuidamos do nosso maior patrimônio: A autoestima!

Sem autoestima, pense:

  • Não somos nada
  • Não conquistamos nada
  • Não conseguimos ser felizes

Autoestima vai muito além de manter uma boa aparência ou possuir grandes bens materiais.

Autoestima fala com a riqueza interior e ela, estruturada em cima de alguns pilares que fortalecem nossa alma a viver e enfrentar os nossos desafios.

Todos nós precisamos deste cuidado e deste tratamento com a saúde mental, porque todos estamos suscetíveis a todos os tipos de estímulo.

Hoje, no Brasil, é confirmado que 9,3% da população sofre com ansiedade, uma a cada quatro pessoas no país sofrerá com algum transtorno mental ao longo da vida.

Para isso, precisa-se entender os primeiros sinais que a mente começa a dar: o que está precisando de cuidados. Precisa-se quebrar os preconceitos para falar sobre essa questão.  Buscar tratamentos adequados com profissionais qualificados para a necessária busca do autoconhecimento e ressignificação da sua própria história. Aprender a transformar suas feridas em pérolas e suas dores em talento.

Quando se consegue fazer isso, se sai de neuroses, torna-se uma pessoa mentalmente saudável e protagonista da sua vida.

Como você tem cuidado da sua saúde mental?

Você tem cuidado do seu grande patrimônio, a sua autoestima?

 

DEBORA

Débora Kelly de Oliveira é mãe da Linda Raíssa, empreendedora atuando em desenvolvimento humano há mais de 20 anos. Graduada em Administração de Empresas (Unifenas, MG), especialista em gestão de Projetos (Unichristus, CE), especialista em Psicologia Transpessoal (Unipaz, SP), personal professional Coach SBC, terapeuta Comunitária Integrativa, terapeuta Sistêmica, Consteladora Familiar. Professora em cursos profissionalizantes, de graduação e de pós-graduação. Voluntária do programa de educação  Valores Humanos de Sathya Sai Baba, voluntária das Terapias de Rene Mey e Massoterapeuta, Tem como propósito ajudar a seu próximo a transformar suas dores em talentos por meio do autoconhecimento. Colunista EA “Saúde Mental”.

https://www.linkedin.com/in/d%C3%A9bora-kelly-de-oliveira-9a192285/

 

Fale com o editor: 

eamagazine@eamagazine.com.br